Saúde

A sua memória pode ser melhor quando menos espera

Quinta-feira, 12/01/2017 | 09:22 Popularmente há a ideia de que as emoções podem deturpar o que guardamos na memória, mas pode não ser bem assim…

Um estudo publicado recentemente na revista Nature Neuroscience sugere que reagir a algo emocionalmente – como quando se vê uma cena triste num filme – pode melhorar a nossa capacidade de lembrar algo que vimos.

E mais, segundo os investigadores da Universidade de Nova Iorque, esta melhoria na memória pode prolongar-se por mais 30 minutos após a reação emocional. Este estudo contraria portanto a ideia popular de que as emoções podem deturpar a nossa perceção dos acontecimento e, consequentemente, as nossas memórias desse momento.

Como reporta o Business Insider, os investigadores explicam que quando ficamos emocionados a amígdala no nosso cérebro é estimulada e o nosso corpo muitas vezes produz adrenalina. De alguma forma, esses dois processos trabalham no hipocampo, que é o centro da função de memória, e a nossa memórias nesse período de tempo fica aguçada.

A Dra. Lila Davachi, autora sénior do estudo, diz que isto ocorre porque a criação de memórias não depende apenas do mundo que experimentamos externamente. Conta: "[É] também muito influenciada pelos nossos estados internos (…). Esses estados internos podem persistir e ‘pintar’ experiências futuras."

fonte: noticiasaominuto.com

Comentário