Beleza - Maquilhagem

Seis conselhos para cuidar da pele quando o frio 'aperta'

Wednesday, 24/01/2018 | 14:05 Se no verão a pele fica à mercê da ação dos raios solares e do próprio calor em si, no inverno é quando a secura se faz notar e sentir mais, podendo agravar algumas patologias cutâneas. Aprenda a adaptar a rotina de beleza aos dias mais frios.

Seis conselhos para cuidar da pele quando o frio 'aperta'

É nos dias de mais frios que saímos de casa enrolados em roupa e mais roupa, quase impedindo qualquer movimento brusco ou que peça o mínimo de flexibilidade. Mas entre as ‘infinitas’ camadas que se veste diariamente, há sempre uma parte do corpo que fica sempre exposta: o rosto.

Com o frio, a pele do rosto tende a ficar mais seca e áspera, pedindo uma rotina de beleza personalizada e capaz de proteger a pele da agressão do frio, do vento e até mesmo da chuva.

Os pacientes com tipos de pele extremos – pele seca, pele sensível ou muito oleosa – podem vir a precisar de mudar a sua rotina no verão e no inverno para a sua manutenção, que revela que as mudanças de temperatura obrigam a pele a reagir para se manter protegida das ‘novas’ agressões externas de que será alvo.

Mas não é apenas o rosto que sofre. Toda a pele tende a ficar mais vulnerável no inverno e para que sobreviva aos dias frios de inverno – especialmente se se tratar de uma pessoa que anda na rua nos momentos com temperaturas mais baixas, como o início da manhã ou o final da noite – são estes os seis passos a ter em conta:

1 – Faça uma pausa ao limpador de rosto. Os produtos de limpeza da rosto tendem a ser um pouco ‘pesados’ para livrar a pele de todo e qualquer agente indesejado, contudo, no inverno isso pode impulsionar ainda mais a secura da face. O melhor, é usar este tipo de espuma/gel menos vezes e adicionar à rotina um creme com alto poder hidratante.

2 – Substituir a loção hidratante por um creme. Apesar de apresentarem uma textura mais densa do que a loção, os cremes hidratantes são a melhor opção para o rosto e corpo nos dias mais frios, uma vez que possuem uma maior percentagem de água e ajuda a que a pele não fique desidratada e seca com tanta facilidade.

3 – Esfoliar, sim, mas q.b. A esfoliação faz parte de uma rotina de beleza saudável e ajuda a que a pele fique mais recetiva aos produtos aplicados, contudo, não deixa de ser um processo um tanto ou quanto agressivo e, por isso, deve-se evitar fazer com frequência no inverno, sob a pena de deixar a pele ainda mais sensível.

4 – Menos banhos e menos temperatura. Os duches devem ser o mais rápidos possível e com a à água a uma temperatura amena, pois a água demasiado quente vai promover ainda mais a perda de óleos naturais da pele.

5 – Abrir o baú de inverno. Usar cremes destinados à hidratação, séruns mais completos, manteigas mais nutritivas e produtos que ofereçam um ‘boost’ à pele é o ideal nos dias em que a temperatura está mais fria, pois quanto mais concentrados forem, mais propriedades oferecem e maior será o ‘escudo protetor’ criado.

6 – Menos retinol. Embora sejam dos maiores aliados da pele no inverno ou no tratamento da acne, os produtos com retinol tendem a ter um efeito direto e significativo na pele, algo que pode ter um efeito negativo quando esta está mais sensível.

fonte: noticiasaominuto.com

Comentário