Entretenimento - Filmes

Chefão da Marvel explica a origem das famosas cenas pós-créditos

Thursday, 26/04/2018 | 15:36 Bem antes de se tornar o chefão da Marvel Studios, Kevin Feige gostava de ler os créditos depois que um filme terminava e de imaginar seu nome subindo ali na tela.

“Eu era um grande nerd de filmes. Eu ficava pensando sobre como seria se tornar uma dessas pessoas cujos nomes aparecem após os longas. Isso era tão legal!“.

Mas legal mesmo foi quando o ainda jovem assistiu pela primeira vez ao clássico dos anos 80 “Curtindo a Vida Adoidado”. No longa, após a subida dos créditos, o protagonista Ferris Bueller (Matthew Broderick) enfiava a cabeça de volta na tela e aconselhava o público a ir pra casa, dizendo que o filme já tinha mesmo chegado ao fim. “Foi a melhor coisa do mundo! Eu achei hilário… Foi tipo uma pequena recompensa por eu estar sentado ali diante dos créditos“, recordou o presidente da Marvel Studios, em entrevista à Entertainment Weekly.

Vinte e dois anos depois, Feige resolveu fazer suas próprias recompensas. Na época, enquanto rodava o primeiro filme do “Homem de Ferro”, ele percebeu que era importante mostrar ao público o que viria na sequência, já que a Disney não detinha os personagens mais famosos. “Nós pensamos: ‘bem, não temos X-Men, não temos Quarteto Fantástico, não temos o Homem-Aranha, mas temos todo o resto. Mesmo que muitos deles não tivessem estrelado um grande filme antes, ou não fossem reconhecidos pelo público não-leitor de quadrinhos, tivemos a oportunidade de começar a colocar certos heróis nos filmes de outros heróis, o que foi algo inédito. Era um bônus do que estava por vir“, explicou ele.

Desde que Nick Fury (Samuel L. Jackson) apareceu após os créditos de “Homem de Ferro” comentando com Tony Stark sobre a iniciativa dos Vingadores, esse tipo de cena virou uma verdadeira tradição da Marvel. Em “Vingadores: Guerra Infinita…

 

fonte: hugogloss.uol.com.br

Comentário