Entretenimento - Musica

Janet Jackson releva "intensa" batalha contra depressão

Thursday, 21/06/2018 | 14:53 A cantora acredita que a fase difícil pela qual passou deve-se em parte à sensação de “inferioridade” que sentiu em criança.

Janet Jackson releva "intensa" batalha contra depressãoJanet Jackson confessou recentemente que passou por um período difícil da sua vida, tendo enfrentado uma “intensa” batalha contra a depressão.

Uma fase menos boa que acredita que se deve, em parte, ao sentimento de “inferioridade” que sentiu quando era criança, enquanto que lutava contra questões de racismo e sexismo.

“Lutei contra a depressão. A luta foi intensa. A baixa auto-estima poderia estar enraizada nos sentimentos de inferioridade que tive na infância. Poderia estar relacionada com o fracasso de atingir padrões impossivelmente altos. E, claro, há sempre questões sociais como o racismo e sexismo. Junte tudo isto e a depressão é tenaz e assustadora”, começou por dizer a artista, de 52 anos, na nova edição da revista Essence, referindo logo de seguida que “felizmente encontrou o seu caminho”.

Janet recorda que aos 40 anos lutava para “não cair no desespero”. “Como acontece a milhões de mulheres em todo o mundo, aos 40 anos ainda ouvia vozes na minha cabeça a repreender-me e a questionar o meu valor. A felicidade era elusiva. Uma reunião com velhos amigos fazia-me feliz. Um telefonema de uma colega fazia-me feliz. Mas porque às vezes sentia que as relações fracassadas eram por minha culpa, facilmente caía em desespero”, lembrou.

Uma fase que passou quando foi mãe pela primeira vez e encontrou a sua felicidade. “O auge da felicidade é segurar no meu filho e ouvi-lo a sussurrar, ou quando olho para os seus olhos sorridentes e vejo-o responder à minha ternura. Quando o beijo. Quando canto suavemente para ele dormir”, afirmou.

Recorde-se que a cantora é mãe de Eissa, de um ano, fruto do casamento com Wissam Al Mana.

fonte: noticiasaominuto.com

Comentário