Saúde - Bem-Estar

MASSAGEM LINGAM: SABE O QUE É?

Tuesday, 26/06/2018 | 13:14 Em sânscrito significa 'coluna de sustentação' e diz respeito ao pénis.

Massagem Lingam: sabe o que é?

Antes de explicar o que é este tipo de massagem, é importante esclarecer que, apesar de ser feita no pénis, o seu cariz não é de todo sexual nem deve ser rotulado como algo pornográfico. É um toque no genital e intimo, mas nada tem de sexual.

O objetivo desta massagem é reeducar o corpo permitindo ao homem novas potencialidades orgásmicas que podem levar a orgasmos múltiplos, com ou sem ejaculação, a uma sensação de energia. É um processo de transformação a partir do momento em que se pretende demonstrar que todo o corpo é orgástico, colocando de lado padrões sexuais e conseguir que se vá ainda mais além. Não obstante, há muitos homens com algumas dificuldades como ejaculação precoce, impotência, dificuldade ou incapacidade de chegar ao orgasmo, a inabilidade em lidar com novas sensações, entre outros, e este trabalho terapêutico ajuda consideravelmente.

 

 

Esta massagem, que deverá ser feita por terapeutas especializados, consiste em reforçar a estrutura muscular, os ligamentos do pénis e produzir novos estímulos para assim proporcionar uma mudança na estrutura nervosa do pénis. Assim, os homens melhoram a sua performance sexual, bem como problemas de ordem física ou psicológica.

Posto isto, torna-se fundamental enunciar os benefícios da massagem Lingam:

  • Melhoria da fisiologia do pénis, no sentido em que há uma mudança na estrutura energética e sensorial;
  • Aumento da flexibilidade e tamanho do pénis;
  • Aumento do tempo de ereção;
  • Proporciona orgasmos múltiplos, secos e várias ejaculações;
  • Ajuda em problemas como: ejaculação precoce, disfunção erétil, falta de libido e impotência;
  • Ajuda a resolver quaisquer bloqueios e traumas;
  • Aumenta a sensibilidade genital;
  • Aumento da quantidade de energia que circula no corpo;
  • Mudança dos padrões sexuais atuais;
  • Amplia o prazer e o êxtase;
  • Aumenta o campo afetivo e, por conseguinte, melhora a intimidade, a comunicação e a habilidade de partilha com o parceiro;
  • Aumenta a autoestima.
fonte: lifestyle.sapo.mz

Comentário