Saúde - Bem-Estar

Como navegar pelas redes sociais após uma separação amorosa

Wednesday, 27/06/2018 | 13:24 Porque nunca foi tão difícil cortar definitivamente os laços com alguém.

Como navegar pelas redes sociais após uma separação amorosa 

É uma verdade com certeza universal que os rompimentos não são nenhum piquenique, quer para quem toma a iniciativa, quer para quem é abandonado. Mas hoje em dia, as regras ‘políticas’ de etiqueta após uma separação nunca foram tão complexas, e é quase necessário um livro de instruções para caminhar por este território minado.

Graças à miríade de plataformas nas quais nos podemos conectar uns com os outros, acabar com alguém é definitivamente outra história comparativamente à era pré redes sociais – e dizer ‘adeus’ já não é suficiente.

Como se sobreviver ao fim de um relacionamento amoroso não fosse por si tremendamente desgastante, agora surgem outros dilemas: ‘devo apagá-lo do Facebook?’; ‘devo ver a sua história do Instagram?’; ‘posso continuar a seguir a irmã no Twitter?’.

As variáveis são muitas, tenha em atenção:

Apagar, deixar de seguir, bloquear… ou nenhuma dessas opções?

De acordo com a psicóloga Madeleine Mason, em declarações ao The Independent, a sua reação deve ter em conta a forma como o relacionamento terminou.

Por exemplo, se foi uma separação difícil, provocada por infidelidade ou violência, então bloquear e apagar essa pessoa de todas as plataformas é a escolha mais sensata.

No entanto, se você e o antigo parceiro continuam amigos porque não também continuarem amigos no mundo virtual? Ainda assim, Mason alerta que se passa horas a seguir essa pessoa nas redes sociais, de modo quase obsessivo, então talvez seja melhor eliminá-la.

Colocar um gosto ou não? Eis a questão...

Ou seja, será que é apropriado comentar, tirar um ‘print’ ou colocar um gosto na publicação do seu ex mais que tudo?

“O melhor que tem a fazer é não agir impulsivamente, porque assim que fizer seja o que for não haverá como desfazer”, explica o especialista em namoros James Preece.

“Espere pelo menos uma semana antes de tomar qualquer atitude”, acrescenta.

E a família?

“Tenha em mente que a dinâmica que tinha com os familiares do seu antigo parceiro vai provavelmente mudar e que a sua lealdade será sempre para com ele”, aponta Preece, que sugere removê-los de todas das suas redes sociais.

fonte: noticiasaominuto.com

Comentário