Saúde - Bem-Estar

Chegaram os 30! Na nova etapa, evite estes sete comportamentos

Wednesday, 27/06/2018 | 13:42 É o auge da nossa vida, altura em que se assume como adulto mas ainda está mais que a tempo de toda a liberdade jovial que a dada altura parece deixar de ter o mesmo sentido – tudo a seu tempo, certo?

Chegaram os 30! Na nova etapa, evite estes sete comportamentos

Escolha ter filhos, ou um cão ou mudar de emprego ou partir finalmente naquela viagem só sua… mas este artigo não é sobre isso. Aqui, falamos na necessidade de gostar de si: é dona de si e se não se der o devido valor, não chegará longe.

As ‘regras’ ou comportamentos a evitar são simples e muito provavelmente são muitas as que neles se reveem: Não critique todas as suas fotos. Aceite-se como é, todos temos fotos boas e outras menos boas (e outras mesmo más) mas criticar-se demasiado em busca da perfeição não trará nada de positivo. Não podemos ter todas o perfil da Sara Sampaio.

Não aceitar elogios é outro comportamento a evitar:seja às fotos, à sua roupa ou a algo que fez. Aceite que há quem aprecie algo que fez ou está a usar. Está num meio de adultos, há que saber aceitar um elogio (sem se derreter, é claro). Outro aspeto comum é o deitar-se abaixo. Se o feito que conseguiu fosse feito por um amigo seu, daria o mesmo desprezo que dá quando o caso acontece consigo própria?

Ainda, comparar-se com os outros é de evitar. Cada caso é um caso e o “ele fez melhor” é tão relativo que nem vale a pena a questão, caso contrário, estará em constante ‘competição’ mesmo que inconsciente.

Aceitar-se e saber dizer não: como já se referiu, é dona de si, e por isso não tem de se sujeitar a algo que não queira fazer. Não há mal nenhum em não querer ir tomar um copo se o que lhe apetece é ir para o sofá (só não faça disso regra, só agora chegou aos 30.) Há que priorizar o tempo da forma que lhe é mais conveniente e prazeroso.

E se dizer ‘não’ é algo que deve aplicar mais no seu dia a dia, inclua o feito quando o tema se refere a homens a que não tem de sentir que deve uma desculpa. Não é não, sem que tenha de se justificar.

Por fim, não idealize o futuro. Em vez disso, faça por ele. Já lá vai o tempo em que sonhávamos com uma certa vida. Aos 30, é tempo de fazer os projetos que idealiza acontecer.

fonte: noticiasaominuto.com

Comentário