Desporto

O MUNDO DEVE ESTAR LOUCO: RECORDE AS TRANSFERÊNCIAS MAIS CARAS DE SEMPRE

Quarta-feira, 11/07/2018 | 10:07 Cristiano Ronaldo é a mais recente transferência milionária, mas continua a não ser o jogador mais caro de sempre.

O mundo deve estar louco: recorde as transferências mais caras de sempreA transferência de Ronaldo para a Juventus é uma das mais caras da história. O internacional português custou 100 milhões de euros à Vecchia Signora, valor ainda assim abaixo dos mil milhões da cláusula de rescisão.

Recorde os jogadores mais caros de sempre, até agora:

O futebolista brasileiro Neymar protagonizou a transferência mais cara de sempre, ao pagar no verão de 2017 os 222 milhões de euros da cláusula de rescisão de contrato com o FC Barcelona, para rumar ao Paris Saint-Germain, seguido do francês Kylian Mbappé, que custou 145 milhões de euros aos parisieses, vindo do Mónaco.

Curiosamente, o ex-avançado do 'Barça' faz a 'dobradinha na lista das dez maiores transferências de sempre. Antes deste 'duplo jackpot', Neymar tinha deixado o Santos em 2013 e assinado pelo FC Barcelona por 86 milhões de euros. O terceiro é o brasileiro Philippe Coutinho, que foi do Liverpool para FC Barcelona por 120 milhões de euros.

Em quarto lugar está o francês Pogba que saiu da Juventis para o Manchester United por 105 milhões de euros. Cristiano Ronaldo aparece a par com Gareth Bale, pela transferência de 100 milhões de euros para a Juventus, e de seguida pela transferência do Manchester United para o Real Madrid que custou na altura 96 milhões de euros. O capitão da seleção portuguesa, de 33 anos, passa a ser o trintão mais caro da história do futebol e o único que aparece no ‘top 10’ das transferências mais valiosas.

Abaixo está o avançado argentino Gonzalo Higuain, que em 2016 deixou o Nápoles e assinou pela Juventus por 90 milhões de euros. Lukaku protagonizou outra das transferências mais caras de sempre, depois de deixar o Everton para voltar às ordens de José Mourinho no Manchester United, que investiu 85 milhões de euros para concretizar o negócio com o emblema de Liverpool.

Morata fecha, a par de James Rodriguez, esta lista de transferências milionárias. O avançado espanhol deixou o Real Madrid para assinar pelo Chelsea, que desembolsou 80 milhões, a mesma verba que os madrilenos pagaram em 2014 para contratar ao Mónaco o colombiano James Rodriguez, agora emprestado ao Bayern Munique.

fonte: desporto.sapo.mz

Comentário