Saúde - Bem-Estar

SABE PORQUE NÃO DEVE VESTIR ROUPA NOVA SEM LAVAR?

Tuesday, 17/07/2018 | 15:00 A excitação de usar roupa nova é legítima, mas a verdade é que nunca deve vestir uma peça sem a lavar. Dê uma vista de olhos nas nossas dicas e saiba como a deve lavar.

Sabe porque não deve vestir roupa nova sem lavar?

Quem não gosta de estrear uma peça nova? Pensa-se logo na ocasião em que a vai usar, que vai ficar bem com determinada peça de roupa e que se vai fazer uma vistaça. É tudo legítimo e perfeitamente normal, no entanto, quando as peças não são lavadas primeiro isso pode representar alguns riscos para a saúde. Ainda que possa pensar que as probabilidades são baixas, o que é certo é que, se pensar bem, não sabe como as peças foram armazenadas, transportadas, experimentadas e usadas por outras pessoas.

O departamento de Microbiologia e Imunologia da Universidade de Nova Iorque realizou uma série de análises em algumas peças de roupa vendidas em lojas e o resultado foi, no mínimo, surpreendente.

INSETOS

O mais comum podem ser piolhos e sim, podem estar presentes na roupa devido aos locais por onde a roupa passa e aos armazéns onde ficam armazenadas. Por isso, depois de uma tarde de compras é conveniente lavar bem as mãos e claro, a roupa.

BACTÉRIAS E GERMES

O departamento da universidade, em 14 peças de roupa de 3 redes de lojas diferentes, analisou e encontrou secreções respiratórias, células epidérmicas e coliformes fecais, a sua maioria nas costuras das axilas e nádegas. Ainda acha que só vale a pena lavar a roupa interior?

DOENÇAS

Infelizmente organismos que causam hepatite A, diarreia, salmonela, norovírus (gastroenterites), infeções fúngicas, estreptococos e outros, podem ser contraídas através de roupa contaminada. É certo que grande parte das pessoas tem um sistema imunitário capaz de combater as mesmas, mas cada caso é um caso.

FORMALDEÍDO

É um bactericida utilizado para deixar os tecidos mais resistentes e mais difíceis de encolher e há quem seja alérgico ao mesmo. Irritação nas membranas dos olhos, da pele e das vias aéreas superiores são alguns dos problemas que pode causar. Como o melhor é prevenir, nada como fazer um teste de alergias num especialista.

ROUPA ÍNTIMA

Biquínis, lingerie, cuecas, calções de banho, etc... por norma são peças em que as pessoas têm um pouco mais de cuidado e costumam lavar antes de usar. No entanto, sabia que ao experimentar uma peça deste género num provador está a correr um risco? E que são as mais contaminadas? Apesar de muitas lojas não fazerem devoluções destes artigos e usarem um tipo de película protetora, pode ter a certeza que está a entrar em contato com as virilhas e axilas de um desconhecido. Secreções respiratórias, flora cutânea, coliformes fecais e fungos, são alguns dos exemplos.

CORANTES AZÓICOS

Em 2003 o parlamento europeu proibiu o uso destes em quantidades superiores a 30 ppm (partes por um milhão). Contudo, se é uma pessoa com a pele muito sensível, estes corantes podem causar vermelhidão nas áreas da cintura, axilas, pescoço e coxas.

Posto isto, afim de evitar algum tipo de mazela, nada como lavar a sua roupa antes de a estrear. Deixamos uma sugestão: lavar com água fria, pouco detergente e adicionar 2 colheres de sopa de sal grosso. Caso seja roupa de cor, deixe de molho com 1lt de água, 1 copo de vinagre branco e 2 colheres de sopa de sal grosso.

fonte: lifestyle.sapo.mz

Comentário