Entretenimento - Filmes

“Uma memória em três atos” premiado no Festival Internacional de Zanzibar

Tuesday, 24/07/2018 | 11:27 Uma memória em três atos, um documentário de longa-metragem do realizador, Inadelso Cossa, recebeu o prémio especial do júri (Special Jury Award) no festival internacional de cinema de Zanzibar, na Tanzânia.

“Uma memória em três atos” premiado no Festival Internacional de Zanzibar

A produtora de documentários STEPS oferecerá ao filme vencedor um contrato de distribuição para o continente africano.

O filme propõe e ensaia um retrato contemporâneo de moçambique em três Atos, elaborada num estilo híbrido experimental entre a ficção e o documentário.

Inadelso Cossa é Realizador, director de fotografia e Produtor moçambicano, é autor do aclamado filme “Xilunguine”, A Terra Prometida vencedor do prémio Estação Imagem - Mora para melhor documentário no FIKE - Festival Internacional de Curtas Metragens de Évora em 2013.

Uma Memória em Três Atos é o seu primeiro documentário de longa metragem. O Realizador está neste momento a desenvolver um novo projecto híbrido intitulado:  “As Noites ainda cheiram a pólvora” e o mesmo já garantiu o apoio parcial do fundo Holandês IDFA Bertha Fund.

fonte: opais.sapo.mz

Comentário