Saúde

Aumentam casos de lepra reportados no país

Thursday, 26/07/2018 | 11:05 Moçambique registou, no ano passado, quase dois mil novos casos de lepra, circunscritos em 23 distritos considerados endémicos no país, indicam dados divulgados esta quarta-feira pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Aumentam casos de lepra reportados no país

Os casos do ano passado representam um aumento considerável, comparativamente, aos registados em 2016 período em que, segundo dados oficiais, foram diagnosticados 1681, contra 1926 em 2017. 

De acordo com um comunicado da OMS, recebido na nossa redacção, as províncias de Cabo Delgado, Manica, Nampula, Sofala e Zambézia, nas regiões norte e centro do país, são as que mais casos registaram.

Segundo a OMS, “o incremento das actividades de busca activa, bem como a reactivação de actividades na comunidade” são os factores que determinaram o aumento da notificação de casos novos de Lepra em todo o país.

A nova vaga surge precisamente 10 anos depois de Moçambique ter declarado a eliminação da lepra, o que na prática significava que o índice de prevalência era de menos de um em cada 10 mil habitantes.

A lepra é uma doença transmissível causada por uma bactéria. Afecta maioritariamente a pele e os nervos. Progride lentamente com uma média de período de incubação de três anos e na fase mais grave tem como resultado, a queda dos dedos.

fonte: opais.sapo.mz

Comentário