UNESCO distingue Parque Nacional das Quirimbas pela conservação da natureza


Turismo

UNESCO distingue Parque Nacional das Quirimbas pela conservação da natureza

Thursday, 26/07/2018 | 11:25 O Conselho Internacional de Coordenação do Programa “O Homem e a Biosfera (MAB)” classificou o Parque Nacional das Quirimbas, na ilha do mesmo nome, localizado na província de Cabo Delgado, como área de conservação de classe mundial.

UNESCO distingue Parque Nacional das Quirimbas pela conservação da natureza

A nomeação da Reserva da Biosfera das Quirimbas, como a primeira do género em Moçambique, foi feita nesta terça-feira, na cidade de Palembang (Indonésia), durante o Conselho Internacional do MAB.

De acordo com um comunicado de imprensa enviado a nossa redacção, “ este é um grande sucesso e orgulho para Moçambique, que adoptou o Programa Internacional da UNESCO “O Homem e a Biosfera” e que tem sido capaz de preparar e apresentar uma candidatura de sucesso em menos de dois anos.”

A UNESCO descreve as Reservas de Biosfera como “áreas de excelência, representativas dos ecossistemas terrestres, marinhos e costeiros mundiais.”

“Elas promovem soluções que conciliam a conservação da biodiversidade com seu uso sustentável, com foco em uma abordagem multipartidária, com particular ênfase no envolvimento das comunidades locais na gestão,” explica o comunicado.

Com a classificação recebida o Parque das Quirimbas passa a integrar a Rede Mundial de Reservas de Biosfera, facto que segundo previsões, “conduzirá a oportunidades de conservação, valorização e uso sustentável dos recursos naturais e do património cultural, para a pesquisa e o intercâmbio de conhecimento e experiências no campo da conservação da biodiversidade, mudanças climáticas e o desenvolvimento sustentável local”.

A Representação da UNESCO em Moçambique reagiu com “emoção e satisfação” ao facto.

“É um momento para felicitar o Governo de Moçambique pelo seu compromisso de fazer parte do Programa Internacional da UNESCO “O Homem e a Biosfera”, lê-se no documento que tivemos acesso.

fonte: opais.sapo.mz

Comentário