Humor - Insolito

Cão-polícia recebe ameaças de morte

Friday, 27/07/2018 | 11:17 Um cão-polícia colombiano, que ajudou as autoridades a detectar e apreender mais de 10 toneladas de cocaína, teve de ser transferido de unidade após receber várias ameaças de morte.

Traficantes locais chegaram a oferecer 60 mil euros de prémio pela cabeça do animal. Sombra, de seis anos, é uma agente da unidade canina que trabalhava nos portos da costa Atlântica da Colômbia, entre os quais se inclui o porto da cidade de Turbo, um dos locais onde o cartel Urabeños concentra as suas operações e a partir do qual envia droga para outros mercados da América Central e dos Estados Unidos.

A cadela já tinha farejado 5,3 quilos de cocaína em Turbo e recentemente também ajudou as autoridades a encontrar quatro quilos de cocaína que estavam escondidos em peças de carros que iam ser exportadas.

A soma que o poderoso cartel está a oferecer pela morte de Sombra é um sinal claro das perdas que a cadela polícia tem infligindo à organização.

Por uma questão de segurança, a polícia colombiana decidiu tirar Sombra dos trabalhos nos portos e colocou-a a trabalhar no aeroporto de El Dorado, em Bogotá.

fonte: opais.sapo.mz

Comentário