Sociedade - Negocios

Exploração de grafite de Niassa poderá iniciar em breve

Monday, 30/07/2018 | 11:18 A província de Niassa poderá iniciar, dentro em breve, a exploração de reservas de grafite descobertas em grandes quantidades, no ano passado, no distrito de Nipepe.

Exploração de grafite de Niassa poderá iniciar em breve

A informação foi divulgada, este sábado, pelo governador da província, durante a reunião extraordinária do governo provincial orientada pelo Presidente da República.

Arlindo Chilundo disse que a empresa que está a fazer a prospecção do recurso falou da existência de pouco mais de cinco milhões de toneladas de grafite, que pode ser explorado por mais de 20 anos.

“Temos disponíveis pouco mais de cinco milhões de toneladas de grafite, dos quais cerca de 50% são de grafite puro, que pode ser explorado em 27 anos, em quantidades de 80 mil toneladas de grafite por ano”, disse.

Outro recurso existente na província é o calcário, que poderá ser usado na fábrica de cimento em construção. “Temos muito calcário e estava a fazer-se o estudo de qualidade para se aprimorar sobre o seu uso”, acrescentou Chilundo.

Para além dos recursos minerais, outro aspecto impulsiona o desenvolvimento da província; o comboio Lichinga-Cuamba e a respectiva redução de preços.

Apesar das realizações há dados que não agradaram ao Presidente da República, que deixou a recomendação de se refazer o relatório, pois continha dados contraditórios.

Vão refazer o relatório, por causa dos dados contraditórios na comercialização, águas, desnutrição, receitas, malária

Durante a reunião, Filipe Nyusi saudou a forma como foi organizado o Festival Nacional da Cultura, principalmente o bailado apresentado na cerimónia de abertura tendo homenageado a encenadora e os principais actores. E convidou a menina que declamou uma poesia para deliciar os governantes presentes na reunião.

fonte: opais.sapo.mz

Comentário