Entretenimento - Filmes

Elenco de “Guardiões da Galáxia” quer James Gunn de volta: “Ficámos chocados com a sua demissão”

Tuesday, 31/07/2018 | 14:17 "Apoiamos totalmente James Gunn", frisou o elenco no comunicado partilhado por Chris Pratt, Zoe Saldana, Dave Bautista, entre outros.

Elenco de “Guardiões da Galáxia” quer James Gunn de volta: “Ficámos chocados com a sua demissão”

Os atores do elenco de "Guardiões da Galáxia" divulgaram esta segunda-feira, dia 30 de julho, uma declaração de apoio ao realizador James Gunn, que foi despedido pela Disney após adversários políticos conservadores terem recuperado mensagens que publicou no Twitter entre 2008 e 2011 sobre temas como a violação e pedofilia, mas também sobre o 11 de setembro, a Sida e o Holocausto.

"Apoiamos totalmente James Gunn", frisou o elenco no comunicado partilhado por Chris Pratt, Zoe Saldana, Dave Bautista, entre outros. "Ficámos chocados com a sua demissão abrupta na última semana e, intencionalmente, esperamos dez dias para pensar pensar, rezar, ouvir, discutir e responder. Nesse tempo, fomos encorajados pelo apoio incrível dos  fãs", acrescentam.

Leia o comunicado:

"Ainda que não apoie as piadas inapropriadas de James Gunn feitas há alguns anos, ele é um homem bom. Pessoalmente, gostava de o ver de volta para realizar o Volume 3", escreveu Chris Pratt na legenda da imagem.

O realizador descreveu as mensagens como "piadas chocantes" num primeiro pedido de desculpas e após ser conhecida a decisão do estúdio como "esforços totalmente fracassados e infelizes para serem provocadores".

"Arrependi-me deles desde há muitos anos - não apenas porque eram estúpidos, nada engraçados, "descontroladamente insensíveis, e certamente não provocadores como esperava, mas também porque não refletem a pessoa que sou hoje ou que tenho sido há algum tempo", salientava em comunicado.

A POSIÇÃO DOS ATORES DE "GUARDIÕES DA GALÁXIA"

Na indústria do cinema também existe mal estar com a situação que envolve James Gunn porque pode colocar em causa da liberdade de expressão, mas também porque a pessoa decisiva na recuperação das mensagens controversas de James Gunn foi Mike Cernovich.

Além de divulgar habitualmente teorias da compiração aos seus milhares de seguidores e ter também várias mensagens controvérsias nas redes sociais, este comentador de extrema-direita americana rejeita por exemplo a ideia de que é possível violar alguém durante um encontro amoroso e ele próprio foi acusado de violação em 2003, que acabou por ser reduzida a danos corporais.

O facto de ter apoiado a eleição para o Senado de Roy Moore, político do Alabama que enfrentava acusações de pedofilia, não o impediu entretanto de se virar contra outros dois comediantes, Patton Oswalt e Michael Ian Black, que descreveu como "pedófilos de Hollywood" por terem feito piadas sobre o tema.

O segundo já reagiu: "Uau. Isto é uma descida em relação ao James Gunn. Mike, já tivemos esta conversa antes. Existe uma diferença qualitativa entre um comediante que faz piadas, mesmo que sejam piadas ofensivas (eu) e alguém ser acusado de violação em 2003 (tu)."

Vários atores de "Guardiões da Galáxia" também manifestaram, de forma mais ou menos direta, o apoio a James Gunn.

Chris Pratt (Peter Quill/Star-Lord) citou a Bíblia: "Compreendam isto, meus queridos irmãos. Todo o homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar."

Zoe Saldana (Gamora): "Não vou mentir, tem sido um fim de semana  complicado. Vou parar para assimilar tudo antes de falar. Apenas quero que saibam que amo TODOS os membros da minha família 'Guardiões da Galáxia'. Irei sempre.'"

Karen Gillan (Nebula): "Envio amor a cada um dos membros da minha família 'Guardiões da Galáxia'."

O mais contundente foi Dave Bautista (Drax) numa série de mensagens, incluindo a de destacar a de Selma Blair de apoio à petição.

"Vou ter mais a dizer, mas por agora tudo o que vou dizer é isto. O James Gunn é uma das pessoas mais amorosas, atenciosas e boas que já conheci. É gentil e afável e preocupa-se profundamente com as pessoas e animais. Cometeu erros. Todos nós os fazemos. NÃO estou OK com o que lhe está a acontecer".

"O que vão fazer quando os cybernazis vos atacarem? Quem vai ficar do vosso lado? Quem vai cobardemente se distanciar? Quem vos irá punir pelas PIADAS horríveis no passado em vez de vos defender por INSPIRAREM milhões? MILHÕES!!!"

"O que aconteceu aqui é muito maior do que 'Guardiões da Galáxia 3', James Gunn, eu, a Disney, etc. Este foi um ataque cybernazi que teve sucesso. A menos que comecemos a unir-nos contra esta porcaria, quer as pessoas estagem ofendidas ou não... vai ficar muito pior. E isto pode acontecer a qualquer um."

fonte: txiling.sapo.mz

Comentário