Tecnologia

'Marvel's Spider-Man' é o jogo que esperava do super-herói

Monday, 06/08/2018 | 15:42 A PlayStation Portugal concedeu a oportunidade jogar a quase duas horas do novo jogo do Homem-Aranha.

Quando falamos de super-heróis é frequente dar-se mais atenção ao alter-ego do que à pessoa por detrás da máscara. O Homem-Aranha não é diferente e é costume que o lado de super-herói tenha sempre mais atenção que o próprio Peter Parker, o que é uma pena tendo em conta que o lado pessoal deste super-herói – nomeadamente vida estudantil, relações amorosas e problemas financeiros - sempre foi interessante de se explorar.

Esta tem sido uma lacuna especialmente frequente nas adaptações de videojogos do Homem-Aranha, com os estúdios que têm estado encarregues desses projetos a preferirem dar o destaque ao super-herói em detrimento do lado pessoal da própria personagem. Mesmo aquele que costuma ser apontado como o melhor jogo da série – ‘Spider-Man 2’ de 2004 – sofre deste problema.

É então uma surpresa constatar que o mais recente jogo da série, ‘Marvel’s Spider-Man’ da Insomniac Games, opte por uma direção diferente e dê o devido destaque tanto ao super-herói como a Peter Parker. O Tech ao Minuto teve oportunidade de jogar quase duas horas da nova aventura do ‘aranhiço’ num evento especial da PlayStation Portugal e foi possível constatar que o jogo dá foco aos dois lados do super-herói.

Por muito agradável que seja navegar por Nova Iorque na pele do Homem-Aranha com as suas caraterísticas teias e correr a alta velocidade na fachada de prédios, é interessante ter controlo de Peter Parker. É na pele do jovem estudante que é possível completar mini-jogos para ter acesso a recompensas que ajudam a criar novos gadgets, fatos e certos bónus. Completá-los a todos é trabalho opcional, tal como a grande quantidade de colecionáveis espalhados pelo mundo de jogo, mas tudo parece contar para a progressão das habilidades do próprio Homem-Aranha e não sob pretexto de manter o jogador ocupado.

Durante o tempo que pudemos experimentar ‘Marvel’s Spider-Man’ tivemos oportunidade de jogar uma missão da campanha principal assim como algumas atividades opcionais de combate ao crime. Tudo dentro dos conformes e dentro do que seria de esperar de um jogo do Homem-Aranha, com o super-herói a ter o reconhecido bom-humor com as habituais piadas em momentos de confronto.

'Marvel's Spider-Man' é o jogo que esperava do super-herói

Vale a pena no entanto falar do combate, que pode ser visto como uma adaptação do sistema implementado pelo estúdio Rocksteady na trilogia iniciada com ‘Batman: Arkham Asylum’. Os ataques são feitos num único botão e há outro disponível só para evitar ataques mas, caso o faça no ‘timing’ certo (indicado por um sinal na cabeça do Homem-Aranha), poderá fazer um ataque em simultâneo. Ainda que seja uma adaptação do combate de ‘Batman’, ‘Marvel’s Spider-Man’ sabe adaptá-lo ao seu super-herói, permitindo não só uso das teias durante o combate como ainda nas combinações aéreas e acrobacias variadas.

Tudo isto são bons indicadores no que diz respeito ao produto final. O jogo já foi finalizado e tudo parece estar no caminho certo para um jogo que, ainda não revolucione o género de super-heróis em mundo aberto, tem tudo para devolver qualidade aos jogos do Homem-Aranha. O jogo é um exclusivo PlayStation 4 e chegará ao mercado no dia 7 de setembro. Conte com uma análise pela altura do lançamento.

fonte: noticiasaominuto.com

Comentário