Entretenimento - Filmes

Stallone já treina para voltar a ser Rambo no cinema

Wednesday, 08/08/2018 | 14:41 "Rambo 5" chega em 2019 e Sylvester Stallone já está na fase intensa da preparação, deixando críticas às celebridades que gostam de se queixar.

Stallone já treina para voltar a ser Rambo no cinema

Foi com uma fotografia nas redes sociais que Sylvester Stallone revelou que está a trabalhar intensamente para o regresso de John Rambo ao cinema.

A acompanhar o treino físico e a a hashtag "#Rambo 5" está uma mensagem onde o ator critica as estrelas que se gabam da intensidade dos exercícios e sacrifícios, uma referência velada aos protagonistas dos filmes de super-heróis.

"Todas essas celebridades falam de como treinam intensamente e têm de se levantar cedo e de se sacrificar. Por favor, senhoras e senhores, é um privilégio incrível!"

A rodagem do novo filme deve começar em setembro com Rambo a trabalhar num rancho até ao momento em que a filha de um dos seus amigos é raptada e ele atravessa a fronteira com o México, rapidamente entrando em confronto com um dos seus cartéis de droga mais violentos.

John Rambo nasceu para o cinema com "First Blood / A Fúria do Herói" (1982), que se baseava num livro de  David Morrell, um surpreendente sucesso de bilheteira que ajudou a definir os anos 1980.

Surgiram rapidamente duas sequelas: com "Rambo II - A Vingança do Herói" (1985), a personagem regressava ao Vietname para salvar veteranos e deixar um rasto de sangue de vingança, enquanto em "Rambo III" (1988) ia salvar o antigo comandante e acabava a ajudar o povo do Afeganistão na resistência contra a ocupação das forças da União Soviética.

A personagem do veterano da guerra do Vietname apareceu pela última vez no muito elogiado "John Rambo" (2008), onde usava as suas ainda letais competências para salvar trabalhadores de ajuda humanitária na Birmânia (Myanmar).

Em janeiro de 2016, Stallone reforçou que tinha sido a despedida da personagem e não apenas por estar sem ideias: "O coração quer, mas o corpo diz 'Fica em casa!'. É como com os lutadores que decidem voltar para um último combate e levam uma tareia. Deixo-o para outra pessoa."

As notícias da violência no México envolvendo o narcotráfico terão contribuído para mudar de opinião pois o envolvimento é total: além de aparecer à frente das câmaras, ajudou a escrever o argumento do projeto e será o realizador, tendo partilhado em maio um poster que também indica que a estreia será no outono de 2019.

 

fonte: txiling.sapo.mz

Comentário