Tecnologia

PÁGUA: Startup que conta água

Friday, 24/08/2018 | 11:14 A PÁGUA (Plataforma de Gestão de Consumo de água) faz parte da 14 startup’s moçambicanas, seleccionadas pelo Instituto Nacional das comunicações de Moçambique (INCM), para representar o país no ITU Telecom World em Durban, na África do Sul, de 10 a 13 de Setembro.

PÁGUA: Startup que conta água

 É um evento em que moçambicanos e representantes de países de todo o mundo expõem seus produtos e ideias inovadoras com impacto social, se baseando no uso das tecnologias.

O aplicativo PÁGUA possibilita leitura do contador e impressão da factura na casa do consumidorr, tornando o processo transparente e ainda permite que o cliente  tenha acesso à todas transacções que ocorrem na sua casa ou estabelecimento a partir do seu celular. O consumidor monitora todas oscilações do consumo através do aplicativo móvel, o que difere do processo actual de leituras de consumo de água, em que o  agente leitor - funcionário do sistema de abastecimento de água vai a casa do consumidor - faz leituras e só dias depois é que emite a factura referente ao consumo do mês anterior.

PÁGUA é ideia de um jovem empreendedor moçambicano, Nério Cutana, que disse ao O País que no primeiro instante sonhava em fazer algo de diferente para mudar a comunidade onde vivia, quando se deparou com a morosidade e falta de transparência nos registos das leituras de consumo de água; questão que o motivou a trazer uma solução que beneficiasse a todos. Cutana pensou em dotar os fornecedores de água de uma ferramenta que os possibilitasse fazer leituras dos contadores e imprimir as facturas directamente na casa do cliente, em tempo real.

“A água é um recurso muito escasso. Com a plataforma, não acontece só a gestão das leituras e pagamentos, mas também a conscientização da gestão do uso da água, porque o consumidor monitora a contagem pelo celular, gota a gota”, acrescentou Cutana.

O empreendedor pensa mais longe. Quer que a sua plataforma não seja apenas aderida por fornecedores privados de água, como também pelo serviço publico porque, entende, poupará custos e tempo. Contudo, acredita que isso faz parte de um processo longo e pode levar o seu tempo. Enquanto isso, define uma prioridade.

“Estou focado na assimilação da ideia de PÁGUA, pois, para mim, o grande objectivo é ver a comunidade onde pertenço, em particular, e o país todo em geral, consciencializados e tendo inteligência na gestão do consumo da água”.

Para ultrapassar os desafios de vida de empreendedor, o jovem Nério, procura conversar com outros empreendedores, a partir de sessões de networking, como a conferência ITU Telecom World, em que participarão outras Startup’s moçambicanas como Robobo-Pagalu, Ologa-Sure Talk, Kamaleon Events- Tablet Comunitário, Tabech - Movel Care, Dream Solution- Bilhetes Online, M-Xitique, Olá Táxi, Moovi, Whenadata, Paytek, Ekutiva, Itis e NextPay.

O ITU Telecom World é um evento que decorre desde 1971. Oferece oportunidades a startup’s, Pequenas e Médias Empresas do sector tecnológico para fazer exposições de projectos e produtos, assim como convergência de soluções inovadoras com o objectivo de tornar o mundo um lugar melhor.

fonte: opais.sapo.mz

Comentário