Internacional

Nações Unidas homenageiam Kofi Annan

Monday, 27/08/2018 | 15:10 Na sequência do desaparecimento físico do antigo secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Kofi Annan, no sábado (18), em Berna, Suíça, vítima de doença, a organização vai homenageá-lo.

Nações Unidas homenageiam Kofi Annan

A homenagem consiste na assinatura do Livro de Condolências em sua memória, nos dias 28 e 29 de Agosto das nove às 16 horas, no escritório da ONU, em Maputo, segundo o comunicado disponibilizado à nossa redacção.

Kofi Annan perdeu a vida aos 80 anos, vítima de doença. Foi sétimo chefe da ONU, tendo dirigido a organização entre 1997 e 2006.

No dia 22 do mês em curso, realizou-se uma cerimónia de colocação de grinaldas na sede da ONU, em Nova Iorque, Estados Unidos de América (EUA), para lamentar a morte do ex-Secretário-Geral. Na ocasião, o actual Secretário-Geral, António Guterres, prestou homenagem ao seu antecessor e assinou um livro de condolências em memória de Annan.

"Estamos aqui para prestar homenagem a Kofi Annan, um dos melhores de nós, um homem que incorporou os valores das Nações Unidas e nos deixou orgulhosos de sermos seus colegas", disse Guterres, durante a cerimónia. "Os anos de Kofi Annan no cargo foram um momento emocionante. Ele apresentou novas ideias. Ele trouxe novas pessoas para a família das Nações Unidas. Ele falou apaixonadamente sobre nossa missão e nosso papel", descreve o documento.

Em Moçambique, o Livro de Condolências em memória de Kofi Annan estará aberto para assinatura aos membros do Governo, Organizações da Sociedade Civil (OSC), medias, parceiros de desenvolvimento e o público em geral.

Kofi Annan nasceu em Gana, fez carreira nas Nações Unidas até chegar à liderança da organização no novo milénio com dignidade e determinação incomparáveis.

fonte: opais.sapo.mz

Comentário