Sociedade

Famílias abrangidas pela estrada Patrice-Singatela insatisfeitas

Wednesday, 31/10/2018 | 10:21 O Município da Matola enviou um pré-aviso em que informou as famílias abrangidas pelo projecto de reabilitação do troço Patrice Lumumba – Singatela, que deviam demolir parte dos muros ou residências para permitir a realização das obras.

Famílias abrangidas pela estrada Patrice-Singatela insatisfeitas

Os moradores cumprem a ordem do Conselho Municipal da Matola, porém mostram-se insatisfeitos, porque entendem que deviam ser indemnizados pelos estragos.

João Victor, morador de Singatela diz que o município já devia ter planeado em relação ao assunto antes da construção dos muros, “a vida está cara, um saco de cimento está em torno de 400 meticais”.

Outro morador do mesmo bairro, Leonardo Dinis foi interpelado pela equipa de O País a demolir a sua vedação diz que não tem outra saída senão fazer o trabalho pessoalmente.

Em reacção às queixas, o edil da Matola explica que o Conselho Municipal não decidiu de forma unilateral, pois já vinha conversando com a liderança local e as famílias abrangidas.

Orçadas em 55 milhões de meticais, as obras de reabilitação da estrada Patrice Lumumba – Singatela iniciaram em Setembro e deverão durar quatro meses.

fonte: opais.sapo.mz

Comentário