Saúde - Bem-Estar

HÁBITOS SAUDÁVEIS QUE SÃO VERDADEIRAS ARMAS ANTICANCRO

Wednesday, 31/10/2018 | 15:34 Esta doença mata anualmente milhares de portugueses. Há, no entanto, uma série de conselhos que deve seguir para prevenir o aparecimento de tumores cancerígenos. Descubra, de seguida, o que pode fazer para os evitar.

33 hábitos saudáveis que são verdadeiras armas anticancro

Milhares de portugueses morrem anualmente vítima de cancro. Muitos dos tumores têm origem nos nossos genes mas outros surgem associados a práticas de vida pouco saudáveis que, por incúria, preguiça ou desconhecimento na maioria dos casos, acabam por fazer parte do nosso dia a dia. Corrija alguns dos erros que podem estar a fragilizar a sua saúde e siga os 33 conselhos que se seguem para prevenir o seu aparecimento.

1. DEIXE DE FUMAR

O tabaco é o responsável mais direto do cancro do pulmão. Também está associado ao cancro da boca, laringe e bexiga, como confirmam vários estudos internacionais.

2. SOL? APANHE MENOS POSSÍVEL!

Uma exposição prolongada às radiações ultravioletas pode originar melanomas. Em Portugal, diagnosticam-se cerca de 10.000 novos casos por ano.

3.  EVITE SUBSTÂNCIAS SUSPEITAS

Cada vez se descobrem mais produtos com substâncias cancerígenas, como o urânio. Há outras muito perto de si que também são perigosas.

4. DIGA NÃO AOS ANTITRAÇAS

Uma dessas substâncias é o paradiclorobenceno (p-DCB), catalogado como possível cancerígeno pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

5. FUJA DOS FUMADOS

Uma dieta com excesso de produtos fumados e picantes incrementa a probabilidade de cancro de estômago.

6. ÁLCOOL? SÓ AO DOMINGO!

A ingestão diária de álcool, mesmo que seja em pequenas quantidades, pode ser perigosa. Deve ter em conta que o abuso de álcool incrementa o cancro do esófago.

7. VIGIE AS VERRUGAS

Observe-as regularmente, sobretudo as da zona genital. O vírus que as origina causa o cancro cervical a muitas mulheres.

8. VÁ MAIS AO MÉDICO

Tenha um maior acompanhamento clínico. Entre os 20 e os 39 anos, faça um check-up médico a cada três anos. 

9. TENHA PRESENTE A SUA IDADE

A partir dos 40 anos, se for mulher, faça uma mamografia e uma exploração clínica todos os anos. No caso dos homens, a partir dos 45 anos, devem vigiar regularmente a próstata.

10. FAÇA O TESTE DE PAPANICULAU

Este exame especializado deve ser feito pelas mulheres a partir dos 18 anos e/ou depois de iniciar a vida sexual.

11. NÃO DESCURE O AUTOEXAME DA MAMA

Apesar de criticada por alguns, é uma medida preventiva perante a aparição de um nódulo. A partir da puberdade, costumam aparecer pequenos nódulos no peito. Em 90% dos casos, trata-se de quistos benignos mas, pelo sim pelo não, tanto as mulheres como os devem estar fazer uma vigilância atenta.

12. OLHE PARA OS SINAIS E PARA AS MANCHAS COM OLHOS DE VER

Observe atentamente e com regularidade as marcas de pigmentação que tem na pele. Se mudarem de aspeto, de cor e/ou tamanho, consulte imediatamente um médico especializado.

13.  USE PROTETORES SOLARES

Aplique-os 30 minutos antes da exposição solar. Outras medidas passam por evitar o sol das 11h00 às 16h00, utilizar o protetor solar mais adequado ao seu tipo de pele, renová-lo de duas em duas horas, aumentar a exposição solar de forma progressiva e proteger a pele mesmo que já esteja bronzeada.

14. PROTEJA AS CRIANÇAS E OS IDOSOS DO CALOR

Estes são os segmentos da população mais vulneráveis. Defenda-os com roupa, chapéus, óculos e protetores solares especiais, mesmo que estejam à sombra. As pessoas com antecedentes de queimaduras solares durante a infância têm maior probabilidade de vir a ter cancro da pele em adultos. Não exponha as crianças até aos três anos ao sol durante as horas perigosas.

15. INVESTIGUE OS SEUS GENES

A existência de antecedentes familiares de cancro é outro fator a ter em conta. Se é o seu caso, não hesite em falar disso ao seu médico assistente. Assim, estarão ambos mais atentos a sinais de alerta essenciais para um diagnóstico precoce.

16. INGIRA MAIS FRUTAS E MAIS VERDURAS

Uma dieta pouco saudável pode estar associada a 35% de mortes por cancro. As vitaminas e os nutrientes da fruta e dos vegetais frescos são potentes antioxidantes que previnem a formação de tumores.

17. PREFIRA VEGETAIS DE FOLHAS VERDES

Estes são considerados por muitos especialistas como os mais benéficos na proteção contra esta doença, sendo por isso ideais para usar em sopas e saladas.

18. COMA ALIMENTOS RICOS EM ANTIOXIDANTES

Os brócolos, a alface, a salsa, o agriões, as acelgas, os pimentos, os espinafres e os espargos são alguns dos alimentos com maior conteúdo de vitaminas A, C e minerais, pelo que devem fazer parte integrante da sua alimentação diária.

19. INVISTA NOS LEGUMES BIOLÓGICOS

Todos os vegetais têm propriedades protetoras que fazem frente aos tumores mas, nos biológicos, essas substâncias estão ainda mais presentes. A beterraba e as cenouras, por exemplo, são ricas em carotenos. Os tomates, as cebolas e os alhos franceses, por seu lado, quando cultivados desta forma, têm uma maior quantidade de vitaminas A e C, de minerais e de fibras.

20. PONHA (MAIS) COUVES NO PRATO

As couves têm compostos orgânicos como os índoles, flavonas, vitaminas e minerais, todos eles capazes de lutar e fazer frente ao cancro da mama, o que mais afeta as mulheres durante a menopausa.

21. NÃO SE ESQUEÇA DOS CITRINOS

São dos melhores protetores da sua saúde. Todas as frutas, sobretudo os citrinos, são uma importante fonte de vitamina C, um potente antioxidante.

22. PRIVILEGIE A MELHOR GORDURA

O azeite possui vitamina E e ómega-9, uma gordura monoinsaturada associada à prevenção do cancro da mama. As mulheres mediterrânicas têm 50% menos de incidências que as americanas.

23. EXPERIMENTE A SOJA

Apesar de haver quem a critique, é muito benéfica. Ao óleo de soja, assim como a todos os produtos alimentares que dela derivam, são atribuídas propriedades anticancerígenas. O seu consumo está relacionado com o baixo índice de cancro da mama e da próstata que se observam no Japão, em comparação com os países da União Europeia, como afirmam vários estudos internacionais.

24. TOME VITAMINAS C, E E D

As vitaminas são antioxidantes e, portanto, atuam contra os tumores. O aporte de vitaminas, minerais e oligoelementos ajudará a prevenir o processo oxidativo, conhecido como stresse celular dos tecidos e degeneração produzida pela idade.

As vitaminas C, E e D são as que têm maior poder antioxidante. A vitamina C encontra-se nos citrinos, nas frutas e nos vegetais, o azeite aporta vitamina E e, por último, a vitamina D fabrica-se no nosso organismo graças à exposição ao sol. Lembre-se, no entanto, que a exposição solar deve ser sempre moderada.

25. INGIRA SUPLEMENTOS APENAS EM ESTADOS DE CARÊNCIA COMPROVADOS

Os suplementos e complementos de vitaminas devem tomar-se apenas quando é necessário. Um excesso também pode ser prejudicial, alertam os especialistas.

26. COZINHE DE FORMA SAUDÁVEL

As técnicas mais saudáveis e que requerem menos elaboração são as que menos favorecem a aparição de cancro, como é por exemplo o caso da cozinha a vapor, das confeções preparadas no forno e da cozedura em papillote.

27. APROVEITE OS NUTRIENTES

Quando cozer os vegetais, faça-o em pouca água, para evitar a perda excessiva de nutrientes. Quando não a usar para sopa, congele-a para uma futura utilização. Pode, depois, também aproveitar essa água aromatizada e enriquecida para cozer arroz ou para fazer puré de batata com sabor.

28. TOME SUPLEMENTOS DE SELÉNIO

O selénio é vital. Dentro dos oligoelementos disponíveis, está demonstrado que o selénio é um bom antioxidante que poderá ter efeitos preventivos face ao aparecimento do cancro.

29. CONSUMA MAIS FIBRA

Fornecida pelos frutos secos, pelos cereais integrais, pelas leguminosas e pela fruta, a fibra deve fazer parte da sua alimentação regular. Ingira-a diariamente.

30. COMA MENOS CARNE VERMELHA

Pouca carne vermelha deve ser a regra. Consumir demasiada carne vermelha está associado a um maior risco de cancro da mama nas mulheres mas também a vários outros cancros nos dois sexos. Sempre que o fizer, coma-a guisada. Em caso de consumi-la, é preferível guisada ou estufada do que mal passada.

31. DIGA NÃO À OBESIDADE

Obesidade, não! Evite-a a todo o custo. Para perder peso e/ou manter o peso, realize exercício moderado, mas constante. A gordura abdominal visível na cintura de muitos homens e mulheres é uma importante fábrica de estrogénios. E não se esqueça que um excesso de estrogenios está diretamente relacionado com um aumento do cancro da mama.

32. DEIXE DE ACREDITAR EM MITOS

O maior mito é as pessoas acreditarem que o cancro é geneticamente determinado, o que não é verdade e as investigações feitas ao longo das últimas décadas (com)provam-no. Os fatores genéticos contribuem, no máximo, em 15% das mortes por cancro, como realçam muitos especialistas. A fatalidade genética não existe e podemos aprender a proteger-nos através do estilo de vida.

33. LEIA A REVISTA QUE O AJUDA

Todos os meses, a Prevenir, a revista de saúde mais lida em Portugal, um dos parceiros de conteúdos do SAPO Lifestyle, apresenta-lhe os últimos avanços científicos em termos da prevenção, do diagnóstico e do tratamento do cancro, a par de artigos especializados revistos por alguns dos mais conceituados especialistas do país.

fonte: lifestyle.sapo.mz

Comentário