Saúde - Bem-Estar

Dores musculares pós treino? Eis como as reduzir ao máximo

Friday, 02/11/2018 | 16:11 Se não treina há largas semanas e abusa do treino mal regressa ao ginásio, não espere milagres. Mas nos outro casos...

Dores musculares pós treino? Eis como as reduzir ao máximo

DOMS, a sigla em inglês que significa Dor Muscular de Início Tardio (delayed onset muscle soreness) refere-se à dor sentida entre 24 a 72 horas após um treino intenso.

É normal e esperado que aconteça, mas não há necessidade para que se sofra em demasia, aliás, a dor sentida é reflexo da inflamação muscular a que o corpo é exposto, e é contra tal inflamação que vale a pena trabalhar para que o desconforto seja diminuído.

Da grande maioria dos estudos feitos sobre o tema, a resposta mais comum para reduzir ou evitar a dor passa por alongamentos (já ouviu falar do ‘foam roller’?) ou massagens. A solução pode também passar pela toma de antioxidantes.

Expliquemos de modo mais aprofundado casa um deles. Os alongamento (que não devem ser confundidos com os exercícios de aquecimento e por isso nunca praticados antes do treino, com os músculos ainda frios) devem ser a forma como conclui qualquer treino, são só para evitar lesões como para relaxar os músculos. Sem pressa, há que garantir que todos os músculos trabalhados são alongados, demore o tempo que demorar.

Quer se treine em casa ou no ginásio, o foam roller (rolo de espuma) é uma ajuda bastante eficaz para garantir que nenhum músculo é esquecido. Pode parecer que ainda está em treino e que o corpo está em esforço, mas acredite que valerá a pena.

Em parte, esta é também uma forma de massagem, mas a massagem propriamente dita é também uma muito boa forma de recuperar os músculos expostos a um esforço intenso. Há opções de meia hora ou de até duas horas, resta saber a sua disponibilidade (de tempo e monetária).

Quanto à toma de antioxidantes, é uma estratégia para reduzir as dores musculares já há vários anos, uma hipótese que serve de base a vários estudos embora ainda sejam necessárias mais análises sobre o tema para entender ao certo a sua eficácia e ausência de efeitos secundários que ainda não está totalmente confirmada.

fonte: noticiasaominuto.com

Comentário