Sociedade

Oito reclusos fogem da cadeia central da Beira

Terça-feira, 06/11/2018 | 11:12 Oito reclusos fugiram, na madrugada do passado domingo, no intervalo entre as duas e três horas.

De entre os fugitivos está Isaías Nicolau, que foi detido em finais de Dezembro do ano passado, indiciado de terem assassinado uma cidadã portuguesa.

MAPUTO- Destaque vai igualmente para Moniz Bambo, condenado há cerca de um mês, a 16 anos de prisão, por se ter provado o seu envolvimento no roubo de mais de 29 milhões de meticais num dos balcões do Millennium BIM na Beira, segundo confirmou o director da cadeia que acrescentou que Já há diligências em curso envolvendo vários órgãos da justiça com vista a capturar os foragidos.

"Os fugitivos, entre eles seis que estavam em reclusão preventiva, ou seja aguardavam julgamento, como é o caso de Isaías Nicola, e os restantes dois já tinham sido condenados a penas maior. Para poderem se evadir os fugitivos serraram as grades da cela onde estavam, por sinal a cela de segurança. Neste momento já há diligências em curso, envolvendo vários órgãos de justiça, com vista a capturar os fugitivos"- explicou Yazalde de Sousa, Director da Cadeia Central-Beira.

Entretanto a procuradora referiu que a cadeia central da Beira não oferece condições de segurança.

"Não porque as pessoas responsáveis pela cadeia são incompetentes. O problema é que a cadeia central já é um edifício antigo e foi concebido para uma determinada capacidade. Hoje estão lá quase triplo das suas capacidades e não foi feito nenhum trabalho de engenharia para suportar as superlotações"- indicou carolina Azarias.

fonte: folhademaputo.co.mz

Comentário