Entretenimento

Nos tempos do Gungunhana apresentado no Brasil

Monday, 12/11/2018 | 14:58 É apresentado, nesta segunda-feira, na Arena das Artes, Brasil, o monólogo Nos tempos de Ngungunhana; trata-se de uma representação de Klemente Tsamba adaptada da obra de Ungulani Ba Ka Khosa.

Nos tempos do Gungunhana apresentado no Brasil

Nos tempos de Gungunhana é uma peça de teatro baseada na tradição oral, onde um único elemento se desdobra em vários personagens para, com a cumplicidade do público, retratar alguns episódios mágicos paralelos à vida do célebre rei tribal moçambicano Gungunhana.

O texto da peça é em parte uma recolha dos relatos de “Ualalapi”, obra premiada do escritor moçambicano Ungulani Ba Ka Khosa, condecorado pelo estado português com o grau de Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique, pelo seu contributo para a divulgação da literatura e da cultura moçambicana, e da língua portuguesa, internacionalmente. Nos tempos de Gungunhana é um conjunto de histórias dentro de uma história, uma obra que parte de um tempo histórico e de uma
cultura particular para depois seguir numa viagem universalista e sem fronteiras.

A apresentação será feita no âmbito da programação das 20 atracções culturais, como espectáculos teatrais, performances e oficinas gratuitas serão realizadas em Maringá. A programação vai até 18 de Novembro e faz parte da 3ª edição da “Só em Cena – Mostra de Solos e Monólogos”, que neste ano traz atracções regionais e internacionais de Moçambique e Angola.

A abertura da programação na última sexta-feira será com o espectáculo “Calango deu – os causos da dona Zaninha”. Durante a mostra, serão apresentadas quatro performances de Maringá e 10 espectáculos de cidades como Londrina, Canoas (RS), Porto Alegre (RS), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Goiânia (GO), Natal (RN) e Moçambique e Portugal. Haverá duas apresentações culturais acompanhadas por interpretes  de libras.

Além dos espectáculos, serão realizadas duas oficinas, lançamento de livro, acção formativa e bate-papo após as apresentações. A ideia do projecto organizado pelo grupo “2 Coelhos Comunicação e Cultura” é aumentar a oferta de opções culturais na cidade e promover o diálogo entre os artistas locais e convidados.

A curadora da mostra de solos e monólogos, Rachel Coelho, disse que a organização procurou trazer a diversidade regional e geográfica nesta edição do evento. “A gente está bem feliz de poder dar continuidade para esse projecto, que já teve duas edições incríveis, sempre em Novembro”.

fonte: opais.sapo.mz

Comentário