Desporto

Portimonense foi bom 'freguês' em novo show de Bruno Fernandes

Segunda-feira, 04/03/2019 | 13:20 Com um golo e duas assistências, o médio português foi o principal 'obreiro' do triunfo do Sporting sobre o Portimonense, por 3-1.

Com um golo e duas assistências, o médio português foi o principal 'obreiro' do triunfo do Sporting sobre o Portimonense, por 3-1.
O Portimonense não conseguiu contrariar o guião e, na noite de domingo, somou aquela que foi a sua 16.ª derrota na sua 16.ª visita a Alvalade em toda a sua história. Uma ‘presa’ habitual, que caiu aos pés do… suspeito do costume.

Com mais uma exibição de gala, Bruno Fernandes marcou e deu a marcar. Deixou a sua patente nos três golos com que o Sporting venceu os algarvios, numa noite em que as fragilidades da equipa de Marcel Keizer voltaram a ficar à vista.

Com dois golos madrugadores, por Abdoulay Diaby e Raphinha (ambos assistidos por Bruno Fernandes, este leão deu a entender que, por fim, voltaria a ter um jogo tranquilo, mas essa ideia não durou muito tempo.

Após o 2-0, os homens da casa tiraram o pé do acelerador e deixaram o jogo nas mãos do Portimonense, que só marcou um golo, por Paulinho, porque Renan e a barra não deixaram que mais entrassem.

Ao cair do pano, eis que Bruno Fernandes colocou a cereja em cima do bolo, ao marcar, de penálti, o golo que selou o 3-1 final, e que permite ao Sporting manter a distância de três pontos para o terceiro classificado, o Sporting de Braga.

Histórico

Com a grande penalidade convertida já em tempo de compensação, Bruno Fernandes tornou-se no médio com mais golos marcados numa só temporada com a camisola do Sporting. Feitas as contas, são já 23… e ainda há mais dois meses de competição pela frente.

Para trás, o ex-Sampdoria deixou para trás António Oliveira, que, em 1981/82, havia chegado aos 22 tentos, assim como Osvaldo Silva (1962/63) e Krasimir Balakov (1993/94), que se ficaram pelos 21.

Mais uma noite de encantar deste jogador, que não ajudou em nada o Portimonense, que leva já cinco derrotas consecutivas, o que deixa a equipa de António Folha no décimo lugar do campeonato, em igualdade pontual com o Rio Ave.

fonte: https://www.noticiasaominuto.com/desporto/1209487/

Comentário