Sociedade - Economia

CIP pede anulação do aumento de preço da electricidade

Sexta-feira, 08/03/2019 | 10:33 O Centro de Integridade Pública (CIP) pediu hoje a anulação do aumento de preço da electricidade no país, considerando que a empresa pública Electricidade de Moçambique (EdM) se sobrepôs às funções do regulador do sector.

O Centro de Integridade Pública (CIP) pediu hoje a anulação do aumento de preço da electricidade no país, considerando que a empresa pública Electricidade de Moçambique (EdM) se sobrepôs às funções do regulador do sector.

"A Autoridade Reguladora de Energia (Arene) deve instar a EdM no sentido de anular a circular que agrava os preços da energia eléctrica, por a mesma resultar de um ato de usurpação de competências", refere a organização em comunicado.

Segundo o CIP, "o agravamento sem uma justificação convincente do preço da energia é originado pela inoperância do regulador do sector e abuso da posição dominante por parte da EdM".

Mais de um ano depois da criação da Autoridade Reguladora de Energia (Arene), a empresa pública "continua a ditar, em violação da lei, as regras de funcionamento do sub-sector eléctrico".

A organização considera haver uma contradição com o mercado "regulado e liberalizado".

A EdM aumentou em 01 de Março o preço da energia em cerca de 21%, mantendo inalterada a tarifa social.

De acordo com um aviso publicado pela empresa, o aumento visa "assegurar o equilíbrio financeiro que permita a continuidade do fornecimento de energia com qualidade e segurança".

fonte: https://noticias.sapo.mz/economia/artigos/cip-pede

Comentário