Entretenimento - Musica

KELLY ROWLAND CRIA MÚSICA PARA QUEBRAR OS ESTEREÓTIPOS DE CABELO BONITO E INSPIRAR RAPARIGAS A USÁ-LO COMO QUISEREM

Quinta-feira, 04/04/2019 | 08:59 A cantora em conjunto com a marca Dove criou uma canção, que espera ser uma inspiração para todas as raparigas que sofrem, ou já sofreram de bullying por causa do cabelo, a usá-lo como bem entenderem e sentirem-se mais confiantes com as suas escolhas.

A cantora em conjunto com a marca Dove criou uma canção, que espera ser uma inspiração para todas as raparigas que sofrem, ou já sofreram de bullying por causa do cabelo, a usá-lo como bem entenderem e sentirem-se mais confiantes com as suas escolhas.

Tyrelle Davis e Faith Fennidy, ambas de 11 anos de idade, fizeram manchetes nos media quando foram enviadas para casa da escola por causa das suas extensões de cabelo. Jorja Orrick, de 11 anos, foi maltratada por ter cabelos curtos, o que levou a sua irmã Sarah a cortar os seus próprios cabelos em solidariedade.

Com histórias reais como estas e um historial em ajudar jovens raparigas a construir uma melhor autoestima, a Dove uniu forças com a cantora Kelly Rowland para escrever e produzir uma canção original intitulada "Crown" - um hino de poder que visa quebrar a definição de cabelo bonito, e incentivar as meninas a sentirem-se confiantes em usá-lo como elas bem entenderem.

VEJA AQUI O VIDEOCLIP DE "CROWN"

“Ao crescer, senti muitas das pressões que as meninas enfrentam hoje quando se trata de aceitar os seus cabelos, mas a minha mãe sempre me dizia que o nosso cabelo é a nossa maior glória e que devemos usá-lo com orgulho", disse Kelly Rowland.

"Esta música é muito pessoal para mim e, tendo conhecido muitas das verdadeiras raparigas que a inspiraram, estou incrivelmente orgulhosa por fazer esta parceria para estimular esta discussão e encorajar as raparigas de todos os cantos do mundo a amarem os seus cabelos."
A marca realizou uma pesquisa para perceber como poderia inspirar a confiança do cabelo em raparigas. O estudo descobriu que 65 por cento das raparigas vêem os seus cabelos como uma forma de auto expressão. No entanto, quase 50 por cento dizem que o seu cabelo pode fazê-las sentirem-se constrangidas. A marca também descobriu que 71% das raparigas olham para a música como um fator influente nas suas vidas, o que inspirou a marca a alcançar este público-alvo através de uma canção.

"A Dove quer que todas as raparigas e mulheres tenham confiança para usar os seus cabelos da maneira que escolherem, e ver os seus cabelos como uma fonte de confiança, e não de ansiedade", disse Piyush Jain, vice-presidente de marketing e gerente geral da Unilever.

fonte: https://lifestyle.sapo.mz/glamour/celebridades/art

Comentário