Saúde

Capim-limão e seus maiores 23 benefícios: experimente!

Saturday, 13/04/2019 | 07:36 O capim-limão, que também é conhecido popularmente como capim-cidreira ou até mesmo capim santo, é considerado por muitos como um excelente aliado da saúde.

Capim-limão e seus maiores 23 benefícios: experimente!

O capim-limão, que também é conhecido popularmente como capim-cidreira ou até mesmo capim santo, é considerado por muitos como um excelente aliado da saúde.

O que muita gente não sabe, é que além de ser usado com fins terapêuticos na medicina popular, essa planta já teve muitos benefícios comprovados cientificamente. Isso significa que, muitas das propriedades medicinais atribuídas a ela não são meras crendices.

Para ilustrar isso, portanto, mostramos a seguir algumas das principais vantagens que o consumo traz à saúde. Veja!

Benefícios da erva capim-limão para o corpo

Oferece nutrientes ao corpo
O capim-limão é rico em vitaminas do complexo B, vitamina A, vitamina C, potássio, folato, cálcio, cobre, manganês, fósforo, magnésio, além de ferro e zinco.

Oferece compostos que melhoram a saúde
O capim-limão também é rico em antioxidantes, além de compostos fenólicos e flavonoides. Isso se traduz em uma série de melhorias na saúde.

Alivia dores
Como o capim-limão também possui propriedades analgésicas, ele atua no alívio de dores, tais como a enxaqueca e a cefaleia. Além disso, por possuir fito nutrientes, o capim-limão alivia também as câimbras e até mesmo, eventuais espasmos musculares, ajudando ainda contra lesões causadas na prática de esportes e dores nas costas.

Fortalece o sistema imunológico
Acredita-se que o citral encontrado no capim-limão também é capaz de impedir os possíveis efeito das citoquinas. Este é um tipo de substâncias que age nas reações inflamatórias. Em resumo, portanto, a erva também ajuda a fortalecer o sistema imunológico.

Funciona como tempero
Além de usada para fins terapêuticos, a planta também agrega valor dentro da culinária, sendo muito conhecida na gastronomia de países como Vietnã, Malásia e Tailândia. A erva pode ser usada para agregar sabor em diferentes tipos de chás e sopas.

Ajuda contra insônia
O chá do capim-limão é um sedativo leve, pois atua diretamente nos músculos e nervos, deixando eles mais relaxados, proporcionando um sono mais tranquilo e de qualidade.

Contribui com a saúde da pele
Quando a erva é usada como tônico, se torna aliada de quem possui pele oleosa e acnosa, uma vez que a erva possui propriedades antisséptica e adstringentes.

Ajuda no cuidado dos pés
Por possuir propriedades sanitizantes e antibacterianas, a planta também pode ser usada na imersão dos pés, pois ajuda no combate a possíveis maus odores.

Revitaliza
Quando o capim-limão é utilizado na aromaterapia, oferece efeito revitalizante na mente e corpo, auxiliando ainda no estímulo da circulação.

Controla a lipidemia
O capim-limão ainda ajuda no controle da hipercolesterolemia, da hiperlipidemia e da hipercolesterolemia, o que ajuda a reduzir os níveis dos triglicerídeos e colesterol ruim (LDL). Como consequência acaba auxiliando na prevenção de aterosclerose.

Bom para o estômago
O uso do óleo essencial do capim-limão auxilia na prevenção de possíveis distúrbios gastrointestinais, como por exemplo a úlcera. Além disso, ele também auxilia no combate a infecções ocasionadas por patógenos como a Escherichia coli e o Helicobacter pylori.

Ação diurética
Por possuir ação diurética, o a planta também ajuda na desintoxicação do organismo, uma vez que ele estimula o corpo a eliminar líquidos retidos.

Combate à retenção de líquidos
Para aquelas pessoas que possuem problemas de retenção do líquido, o capim-limão também pode se tornar um aliado. Isso porque ele faz a estimulação dos linfonodos, diminuindo o inchaço do corpo.

Combate a obesidade
Por ser citral, a planta ainda ajuda na prevenção de acúmulo da gordura na região abdominal, fazendo com que o corpo utilize a energia acumulada. Isso ajuda prevenir o ganho de peso, combatendo consequentemente a obesidade.

Previne o câncer
Além dos benefícios já citados, o capim-limão ainda vem se mostrando um ótimo aliado na prevenção e até mesmo tratamento de alguns tipos de câncer. A lista inclui, por exemplo, o câncer de mama, pele e fígado.

Protege o DNA
Como o capim-limão possui substâncias antioxidantes, ele ajuda oferecendo proteção às células contra possíveis danos ocasionados por radicais livres no DNA. Como resultado, previne o envelhecimento e reduz chances de desenvolver certos tipos de câncer.

Age contra infeções bacterianas
A erva possui um óleo essencial que ajuda no combate de formação do biofilme. Isso além de trazer grandes benefícios em tratamento contra infecções ocasionadas pelo Staphylococcus aureus.

Age contra infecções
Como o capim-limão possui ação antifúngica e antibacteriana, ele age como curativo de infecções causadas por alguns microrganismos.

Ajuda com problemas respiratórios
Na medicina Ayurvédica, a erva capim-limão é muito usada em tratamento dos resfriados e tosses. Isso porque, também ajuda proporcionar alívio em sintomas da gripe, congestão nasal e asma.

Combate a febre
A medicina Ayurvédica também usa o capim-limão para diminuir a febre. Isso porque ela conta com propriedades indutoras de suor e antipiréticas.

Antifúngico
Como a erva possui propriedades antissépticas, ela também auxilia em tratamento de algumas infecções, tais como candidíase vaginal e oral, e micose.

Estimula o sistema nervoso
Por agir diretamente no estímulo da mente, a erva pode ajudar no combate a nervosismo, convulsões e vertigem. Não obstante, alguns estudos apontam que ela pode até ajudar contra distúrbios neurológicos, como os males de Parkinson e Alzheimer.

Controle da diabetes tipo 2
Por possuir citral, o capim-limão também ajuda no controle dos níveis de insulina presentes no corpo. Isso ajuda a aumentar a tolerância à glicose. Em outras palavras, a erva pode servir como um tipo de complemente ao tratamento da diabetes tipo 2.

Quais as formas de consumo do capim-limão
O consumo do capim-limão é muito simples e pode ser feito em forma de chá gelado ou quente. Vale dizer, no entanto, que ao preparar o chá da erva, é bom evitar de ferver suas folhas, assim ela não perderá suas propriedades.

O ideal é picar as folhas e colocá-las em água quente em uma panela com tampa, deixando descansar até que fique morno e bom para consumo. A erva também pode ser usada em forma de cataplasma, com aplicação de suas folhas diretamente sobre as juntas ou dores musculares.

É importante alertar aqui, no entanto, que apesar dos muitos benefícios, o capim-limão também pode gerar algum tipo de reação alérgica em algumas pessoas. Se isso ocorrer é importante suspender o consumo imediatamente. Além disso, gestantes e lactantes também não devem ingerir a bebida sem o aval de um médico.

fonte: https://tudoela.com/capim-limao/

Comentário