Beleza

Cabelos ruivos: confira dicas e fotos de como ter e cuidar do seu

Saturday, 27/04/2019 | 08:10 Cabelos ruivos: confira dicas e fotos de como ter e cuidar do seu

Cabelos ruivos: confira dicas e fotos de como ter e cuidar do seu

Quem quer estar sempre na moda tem que ficar atenta às tendências que vão surgindo a cada mudança de estação para não cair no démodé, certo? Afinal, quem gosta de estar em dia com o look tem que ficar por dentro do que está em alta em cada temporada do ano e correr atrás do novo visual, que deve ser, além de super descolado, de bom gosto e bem original. Trocar as peças no guarda-roupas, a make e os cabelos são o primeiro passo para um up no look.

E por falar em cabelos, bom gosto e originalidade, nós vamos falar no artigo de hoje sobre uma coloração para as madeixas que está fazendo o maior sucesso entre a mulherada brasileira: o ruivo. Os cabelos ruivos estão em alta e não saem da cabeça das anônimas e das famosas internacionais, como Julianne Moore, Emma Stone e Jessica Chastain. Aqui no Brasil, algumas celebridades também estão com tudo com os seus fios flamejantes, como Sophia Abrahão, Nathalia Dill e Marina Ruy Barbosa.

Algumas delas já nasceram privilegiadas com fios ruivos, o que é o mesmo que tirar uma sorte grande na loteria. No entanto, com a tecnologia cosmética que temos hoje em dia, não é mais necessário carregar uma mutação genética no cromossomo para ostentar cabelos de fogo por aí. Sabendo apenas escolher a tonalidade certa de acordo com o seu cabelo e pele, é possível sair linda e ruiva do salão de beleza em poucas horas.

Mas, calma aí! Optar por ter cabelos vermelhos é uma decisão que parece fácil, mas exige muito cuidado e originalidade. Isso porque a cor não é nada discreta e, por chamar bastante atenção, deve estar bem combinada com o tom de pele da dona das madeixas para criar um visual harmônico, elegante e sexy.

Se você quer se tornar a mais nova ruiva do pedaço, mas não sabe por onde começar, continue lendo esse artigo até o final e saiba como tingir, como cuidar e algumas fotos para se inspirar para conquistar o novo look. Vem comigo!

Como escolher o tom ideal para minha pele?
Para conquistar um ruivo bonito e que harmonize bem com o visual, é preciso estar atenta às dicas dos especialistas para as tonalidades que mais combinam com cada tom de pele.

A boa notícia é que os fios vermelhos podem ser adotados por qualquer mulher, independente da cor da pele e tipo de cabelo, uma vez que a coloração ruiva dispõe de uma variedade enorme de tonalidades, desde o acobreado ao alaranjado, o que torna mais fácil a missão de achar aquela que mais combina com cada pessoa.

A dica principal é encontrar o tom que não te deixe com a pele muito pálida pela falta de contraste ou que evite que o visual fique muito pesado, o que pode acontecer ao escolher uma tonalidade muito escura para a sua cor de pele. Não entendeu nada?

Confira abaixo as dicas dos maiores hairstylists e visagistas do mundo sobre os melhores tons de ruivo para cada cor de pele:

Pele branca amarelada

Segundo especialistas, mulheres que têm a pele clara mais puxada para o amarelo devem apostar nas tonalidades acobreadas de ruivo para conseguir um visual bonito, sexy e harmônico com o seu tom de pele. Se for bem mais clara do que amarelada, a dica é optar por nuances acobreadas puxadas para o dourado.

Pele branca rosada

Quem tem a pele branca mais puxada para o rosado, ou seja, com aparência mais corada, deve investir em tons de ruivo mais claros, como o famoso “Strawberry Blonde”, que nada mais é do que uma tonalidade mais desbotada, quase parecida com um loiro. Famosas como Marina Ruy Barbosa e Jessica Chastain possuem essa tonalidade de cabelo naturalmente, o que não impede que qualquer mulher possa conquistar o mesmo visual.

Pele morena

Será que a mulherada de pele bronzeada também pode aderir ao ruivo para arrasar em um novo look? É claro que pode! E fica lindo. Para isso, a dica dos especialistas é para que mulheres com a pele morena apenas tenham um pouco mais de cuidado na hora de escolher o melhor tom ideal, de forma a combinar com o seu tom de pele.

Segundo eles, se você tem a pele morena mais clara ou mais puxada para o amarelado, vale a pena apostar em tons acobreados, puxando para o vermelho ou acaju. Já se você tem a pele morena mais escura, a recomendação é para vermelhos acastanhados ou acaju e nunca optar por um vermelho muito profundo para não deixar o visual pesado.

Pele negra

Mulheres com a pele negra também podem adotar os tons de ruivo para dar um up no look. Como elas costumam chamar a atenção por si só, a dica é apenas escolher o tom que combina com o estilo e personalidade de cada uma. Se você é mais romântica, pode investir em tons de ruivos acastanhados ou em acaju para deixar o visual mais calmo e discreto.

Já no caso de quem é mais extrovertida e ousada, vale a pena apostar em tonalidades mais fortes, como louros escuros avermelhados intensos ou profundos. Profissionais também recomendam que a mulherada com pele negra opte por mechas para iluminar ainda mais a pele, que podem ser avermelhadas, acobreadas ou em tons de canela. Fica lindo e super moderno!

Devo pintar o cabelo com tinta ou tonalizante?
Isso vai depender do tom original do seu cabelo e qual a tonalidade de ruivo que deseja atingir. De acordo com especialistas em coloração, é praticamente impossível que cabelos escuros fiquem ruivos apenas com o uso do tonalizante, uma vez que é necessária uma descoloração prévia para conseguir o resultado, além do fato de a cor vermelha possui pigmentação mais delicada e de difícil fixação.

Apenas cabelos naturalmente loiros não precisam ser descoloridos para aplicar a coloração vermelha e podem ser que fiquem ruivos apenas com o tonalizante, o que também não é 100% aprovado pelos profissionais. Por isso, se você deseja mesmo se tornar ruiva sem passar por qualquer tipo de pesadelo com os cabelos, a dica é apostar mesmo nas tinturas para obter um resultado mais eficiente.

No entanto, a tinta permanente não deve ser usada em pessoas com outros tipos de química no cabelo, como relaxamento ou escova progressiva, uma que podem ocorrer incompatibilidades de substâncias, causando a queda e outras reações adversas. Neste caso, a dica é usar tonalizante que, além de realçar e dar brilho, agride menos.

Como ficar ruiva em casa – Passo a passo

Como você já leu nos parágrafos acima, ficar ruiva não é uma tarefa muito fácil e exige alguns cuidados especiais se você optar por fazer a coloração em casa.

É por isso que a recomendação dos profissionais é para que o procedimento nunca seja feito fora de um salão de beleza, uma vez que os pigmentos de cor avermelhada e acobreada são mais delicados e muito pequenos, o que faz com que eles se desprendam do fio com mais facilidade, desbotando mais rapidamente.

Além disso, é preciso uma avaliação prévia do cabelo de quem deseja aderir às madeixas ruivas, já que em cabelos danificados ou quimicamente tratados, a coloração pode ser ainda mais difícil que o normal de ser fixada nos fios.

Quem tem cabelos virgens tem maior possibilidade de conseguir a cor da caixinha da tintura. Já no caso de quem já tingiu o cabelo anteriormente, o processo pode exigir mais de uma sessão.

No entanto, se você já tem alguma experiência com tingimento capilar e está atenta às recomendações acima, é possível sim ficar ruiva sem sair de casa. Para isso, basta seguir o passo a passo que nós vamos mostrar a seguir e para conseguir o resultado ideal. Veja:

Materiais necessários:
Pó descolorante e água oxigenada (No caso de cabelos escuros. O volume deve ser de acordo com o tanto que pretende retirar a pigmentação natural dos fios);

*Pincel;
*Recipiente de plástico;
*Tintura (com a tonalidade que escolheu para ficar ruiva).

Como fazer:
Passo 1: O primeiro passo é dividir o cabelo em quatro partes para ficar mais fácil de aplicar o produto descolorante.

Passo 2: Em seguida, prepare a mistura com o pó descolorante e a água oxigenada para descolorir os cabelos, no caso de quem tem fios escuros. Se você tem fios claros, pode passar para o passo 5.

Passo 3: Aplique o produto com a ajuda do pincel, começando pela nuca em direção ao topo da cabeça e, depois, seguindo para as laterais. Evite aplicar na raiz capilar.

Passo 4: Aguarde 15 minutos para que o produto retire a pigmentação escura dos fios e enxágue em água abundante.

Passo 5: Feito isso, retire o excesso de água dos cabelos com uma toalha e prepare a tintura que escolheu para colorir as madeixas seguindo as orientações do fabricante.

Passo 6: Comece aplicando da mesma maneira que o produto descolorante, separando o cabelo em mechas, pintando no sentido na nuca até o topo da cabeça e, em seguida, nas laterais. Não se esqueça de aplicar bem na raiz.

Passo 7: Aguarde o tempo estipulado pelo fabricante da tintura e enxágue em água abundante.

Passo 8: Para finalizar, lave bem os cabelos com um shampoo específico para cabelos coloridos de vermelho e com condicionador com pH ácido. Enxágue.

Passo 9: Aplique uma máscara de hidratação para repor a água perdida pelos fios durante o processo de descoloração e coloração. Deixe o produto agir por, pelo menos, 30 minutos e enxágue.

Passo 10: Se você for secar o cabelo com secador, não se esqueça de aplicar um protetor térmico antes de fazer a escova. Ele irá proteger os seus cabelos dos efeitos negativos do calor excessivo do aparelho sobre os fios.

Como cuidar?

Assim como qualquer outro cabelo descolorido e tingido, os cabelos ruivos precisam de cuidados redobrados para manter a cor e a saúde dos fios. Isso porque a pigmentação vermelha desbota muito fácil, podendo sair um pouquinho mais a cada lavagem dos cabelos.

Por isso, para deixar a cor intacta, é preciso retornar ao salão de beleza ou fazer em casa mesmo o primeiro retoque após 15 dias. Depois, os retoques consecutivos passam a ser a cada 30 ou 35 dias.

Além disso, também é preciso tomar outras precauções para deixar o seu ruivo impecável. Veja, a seguir, quais são elas:

*Faça hidratações semanais ou, pelo menos, a cada 15 dias para recompor a água dos cabelos perdida durante o processo de descoloração e tingimento;

*Evite contatos frequentes com o sal e o cloro, presentes em abundância na água do mar e nas piscinas. Se for houver como evitar, utilize sempre uma touca impermeável de natação para proteger os cabelos;

*Abuse do protetor solar para cabelo, aplicando-o sempre antes de sair de casa, principalmente em dias mais quentes e ensolarados;
Use sempre produtos específicos para cabelos tingidos ou descoloridos. São eles o shampoo, condicionador, leave-in, creme para pentear, entre outros;

*Evite lavar os cabelos em água em temperatura muito quente. Isso pode ressecar ainda mais os cabelos, quebrando-os e causando o temido efeito “espiga de milho”. A dica é tomar banho sempre em água fria ou morna.

*Reduza o uso do secador e da chapinha. Caso isso não seja possível, opte por aplicar sempre um protetor térmico antes de fazer a escova para livrar os fios dos efeitos negativos do calor excessivo desses aparelhos;

*Evite fazer outros procedimentos químicos, como alisamentos e escova progressiva, nos cabelos após fazer pintá-los de vermelho. Eles podem potencializar o ressecamento dos fios, causando a queda e quebra em níveis graves;

*Respeite o período de manutenção. Ele pode ser feito a cada 15 ou 30 dias, dependendo do tom e dos cuidados que a pessoa tem com o cabelo.
   
Gostou do artigo de hoje? Compartilhe!

Até a próxima!

fonte: https://tudoela.com/cabelos-ruivos/

Comentário