Desporto

VITÓRIA E RECORDE PARA SEMENYA, DEPOIS DA DERROTA NOS TRIBUNAIS ATLETISMO 03-05-2019 20:46

Sábado, 04/05/2019 | 11:32 Caster Semenya conquistou esta sexta-feira a 30.ª vitória consecutiva da carreira ao terminar em primeiro a prova de 800 metros na abertura da Liga Diamante, em Doha.

Caster Semenya conquistou esta sexta-feira a 30.ª vitória consecutiva da carreira ao terminar em primeiro a prova de 800 metros na abertura da Liga Diamante, em Doha. A atleta sul-africana bateu o recorde do meeting (1 min,54 seg, 98), superando a concorrência de Francine Niyonsaba, do Burundi, e Ajee Wilson, dos Estados Unidos.

 

Uma vitória que surge dois dias depois de ter perdido no Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) a ação contra a Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) depois do organismo ter regulamentado o uso de suplementos por parte de atletas femininas com hiperandrogenia (diferenças no desenvolvimento sexual) para baixar os níveis de testosterona.

 

«Isto é inspirar o mundo. É mais que um jogo, mais que um desporto. Isto é sobre dignidade e orgulho humano. As pessoas estão contra mim, mas eu não estou contra ninguém», disse após a corrida.

 

Foi uma das últimas oportunidades para correr antes da entrada em vigor da nova Lei da IAAF e de iniciar os tratamentos para baixar os níveis de testosterona. «Não interessa como vou correr, interessa é que vou continuar a correr», atirou já em declarações à BBC, sublinhando que a derrota nos tribunais não a afastará da competição:

 

- Deus deu-me a vida e será Ele a tirá-la. Deu-me uma carreira e será Ele a terminá-la. Nenhum homem ou humano pode impedir-me de correr. Como posso retirar-me aos 28 anos? Ainda sou jovem, tenho energia. Ainda tenho 10 ou mais anos no atletismo.

fonte: https://www.abola.pt/Modalidades/Noticias/Ver/7863

Comentário