Desporto

Mambas: a pior vergonha de uma selecção que não devia ter ido a Cosafa

Friday, 31/05/2019 | 13:33 Mambas voltaram a defraudar as expectativas dos moçambicanos e, em mais uma vergonha, empataram a um golo diante do Malawi, no jogo de despedida do Torneio Cosafa 2019.

Mambas voltaram a defraudar as expectativas dos moçambicanos e, em mais uma vergonha, empataram a um golo diante do Malawi, no jogo de despedida do Torneio Cosafa 2019.

Esta terá sido a pior participação da selecção nacional de futebol no torneio regional da Cosafa. A pior sim, porque não antes os Mambas tinham batido tão no fundo como aconteceu agora, onde se ficou pelos dois pontos, apenas, na primeira fase.

Se das outras vezes em que entrava na fase a eliminar significava que tinha tido uma boa classificação ma edição anterior, o mesmo já não se diz das edições em que entrou na fase de grupos. É que na fase de grupos os Mambas nunca antes saíram sem, pelo menos, uma vitória, sendo o melhor exemplo a “terceira” selecção quer disputou a competição em 2017, composta, maioritariamente por jogadores dos sub-20 e alguns que saíram dos jogos da Copa CocaCola, que sofreu duas derrotas diante do Zimbabwe e Madagascar, por 0-4 e 1-4, respectivamente, mas que venceu as Seychelles, por duas bolas a uma.

Desta vez, com uma selecção do topo, onde desfilaram jogadores que actuam na África do Sul, Portugal, Turquia e Alemanha, e os restantes em equipas do Moçambola, que inclusive obrigaram a paralisação do campeonato nacional, não conseguiu fazer melhor que essa selecção de 2017, terminando com apenas dois pontos, tendo perdido com a selecção secundária (que prepara o CHAN) da Namíbia, e empatado com a selecção mais fraca da competição, as Seychelles, e ontem diante do Malawi, a uma bola.

Mau grado para Abel Xavier, que no ano que levava todas expectativas para conquistar o título, pela primeira vez, acaba regressando à casa com o maior vexame de uma nação que já não pode mais fechar a cara de tanta vergonha que sente.

Hoje, diante do Malawi, foi um jogador que, curiosamente, actua no país a ditar mais uma vergonha. Chawa, jogador do Costa do Sol, marcou aos 30 minutos, não dando possibilidades de recuperação aos Mambas, que só se salvaram já no tempo de compensação, por Jeitoso, que volta a marcar pela selecção quase um ano depois, depois de ter marcado na última jornada da fase de grupos do Cosafa 2018, diante das Seychelles.

Assim regressam os Mambas à casa, de onde nunca deveriam ter saído e nem paralisado o Moçambola. Segue o Malawi, pelo grupo B, que vai cruzar caminho da Zâmbia nos quartos-de-final, e a surpreendente Comores, que vai defrontar o Zimbabwe. Fecham os quartos-de-finais, que se disputam sábado e domingo, os embates entre Lesotho e Uganda (selecção convidada) e África do Sul vs Botswana.

fonte: http://opais.sapo.mz/mambas-a-pior-vergonha-de-uma

Comentário