Saúde

O que é cicatriz de cesárea hipertrófica?

Saturday, 28/02/2015 | 09:40 A cicatriz de cesárea pode ficar bem discreta, marcada apenas por um traço fino e esbranquiçado na parte baixa do abdômen. Mas existem casos em que ela crescerá de maneira diferente e ficará mais aparente. Esse é o caso da cicatriz de cesárea hipertrófica.

Cicatriz de cesárea hipertrófica

O que é 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cicatrização normal após cesariana.

A cicatriz hipertrófica ocorre quando há um crescimento de pele exagerado no local onde foi feito o corte cirúrgico. “Ao contrário do queloide, esse tipo de alteração respeita os limites da própria cicatriz, ou seja, não há crescimento de tecido além das bordas da marca original”, explica a dermatologista Ligiane Pupo, membro da Academia Americana de Dermatologia. A pele crescida anormalmente pode ficar avermelhada e endurecida.

Causas 

De acordo com a dermatologista, a cicatriz de cesárea hipertrófica é uma propensão individual, mais vista em negros e pessoas com ascendência oriental, mas que pode surgir em qualquer pessoa. “Para saber se você pode tê-la, observe as cicatrizes que você já tem e procure por alterações desse tipo”, recomenda. “Se elas existirem, há chances maiores de que você tenha o mesmo problema com a marca da cesariana”.

Tratamento 

“O tratamento pode ser feito com pomadas ou fitas com medicação corticoide que devem ser colocadas sobre a marca do corte”, recomenda a dermatologista. Dependendo da evolução deste tratamento, podem ser recomendadas a infiltração de corticoide, feita com injeção do medicamento anti-inflamatório diretamente na cicatriz, a abordagem cirúrgica para retirar o excesso de pele ou a betaterapia, que utiliza a emissão de energia para reduzir a formação anormal de pele.

 

Queloide na cicatriz da cesárea.

Queloide 

queloide após cesárea se diferencia da cicatriz hipertrófica apenas por crescer além das bordas cicatriciais, sendo, portanto, maior. Ele também fica avermelhado e endurecido e se beneficia dos mesmos tratamentos.

 

 

fonte: http://novakapel.com.br

Comentário